quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Resenha - Até mais, e obrigado pelos peixes! - Volume Quatro da Série O Mochileiro das Galáxias

Boa noite gente, hoje vim trazer para vocês a resenha do quarto volume da série O Mochileiro das Galáxias, Até mais, e obrigada pelos peixes!. Minha intenção era concluir o quinto livro da série nas minhas férias, mas infelizmente não consegui, devido a outros afazeres, além da faculdade. :( Como hoje é meu último dia de férias, resolvi concluir de vez esse livro e postar a resenha no blog.
Gostei bastante desse livro, para quem desistiu da série devido o fato do terceiro volume ser super denso, recomendo a leitura desse, pois ele é bem mais leve e compreensível. Claro, dentro do normal se tratando do Douglas Adams.  A capa é bem bonitinha, como as demais da coleção e tudo faz muito sentido, todos os elementos da capa estão presentes na história.


A história inicia com Arthur Dent retornando ao seu planeta, através de uma nave. O tempo era de muita chuva e nenhum carro parou para dar carona a Dent e ajudá-lo a retornar para sua casa. Exceto um Saab que lhe deu carona. A figura ensopada, o carro e a maçaneta estavam todos em um planeta chamado Terra, um mundo cuja definição no Guia do Mochileiro das Galáxias era composta por duas palavras: "Praticamente inofensiva". Seu autor: Ford Prefect.


Na carona, Arthur ficou intrigado com uma garota que estava no banco traseiro e se chamava Fenny. Estava completamente maravilhado com a mulher.
Em sua casa, desfrutando e aproveitando cada cômodo de sua casa, Arthur se depara com um presente ao lado da TV. Tratava-se de um aquário. Quando ajustou o ângulo da luz, viu claramente as palavras delicadamente gravadas na superfície do vidro: "Até mais." "e obrigado..."
Pouco depois Arthur e Fenny, que na verdade era Fenchurch, se encontram e passam a se conhecer melhor. Juntos vão em busca de explicações para o desaparecimento dos golfinhos do planeta Terra. Em outro momento, vão em busca da Mensagem Final de Deus para sua Criação.
Ford Prefect aparece pouco na história, mas o suficiente para ajudar Arthur e Fenchurch a sair do planeta em uma confusão para lá de maluca.

E é isso gente, nunca pensei de ver um romancinho nessa série, mas está aí. haha
Achei bem legal o livro, dá pra ler rapidinho e se divertir com as loucas aventuras dessa turma.

Até mais e boa leitura!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Resenha - Mestre Gil de Ham

Bom dia gente! Hoje vim resenhar para vocês o segundo livro que li do mestre da fantasia J. R. R. Tolkien: Mestre Gil de Ham. É um livro cu...