terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Resenha - Inferno

Bom dia gente. Primeiramente feliz 2018 para todos, que esse novo ano seja repleto de paz e saúde para todos! Em breve vou postar meus livros preferidos lidos em 2017, então fiquem de olho! :D
Hoje vim resenhar mais um livro do Dan Brown, autor que gosto muito. Ontem li algumas resenhas de Inferno no Skoob e notei que muita gente não gostou do livro, por Dan Brown manter seu estilo monótono. Já eu gostei muito, assim como gostei dos outros que já li do autor.
Eu gosto muito da escrita de Dan Brown, por ser bem esclarecedora, rica em detalhes, principalmente arquitetônicos e de artes.


O livro conta mais uma aventura, a quarta, do professor de Simbologia Robert Langdon. Langdon acorda em um hospital na Florença, Itália, com um ferimento doloroso na cabeça, mas ele não tem lembrança nenhuma de como foi parar neste local, muito menos como se feriu. Ele tem constantes visões bizarras de um mar de sangue cheio de pessoas doentes e famintas, onde uma mulher de longos cabelos prateados diz: "Busca e encontrarás". Ao acordar de seu devaneio, ele dá de cara com a médica Sienna Brooks, uma mulher superdotada com o Q.I. muito alto, que ajuda Langdon a entender a razão de toda a situação em que se encontra.


Temos Bertrand Zobrist, como vilão da história, um geneticista que afirma que nossa espécie está à beira da extinção, e que algo deve ser feito para reduzir a quantidade alarmante de pessoas no planeta. Assim, ele decide criar uma praga capaz de dizimar boa parte da população, na tentativa de resolver a longo prazo o problema da superpopulação. 
Robert Langdon tem a posse de um objeto muito curioso, uma espécie de tubo ao qual revela a famosa imagem do inferno de Dante Alighieri, segundo Botticelli. Assim, como plano de fundo temos o Inferno de Dante, consagrado autor de A divina comédia, ao qual Langdon, usando seus conhecimentos, busca o paradeiro da praga de Zobrist. E essa obra famosíssima é a principal pista que eles tem.

 Em 2016, esse livro foi adaptado para o cinema, e ontem eu assisti. Confesso que esperava bem mais, minhas expectativas estavam muito altas. Várias coisas relevantes foram mudadas do livro e isso eu não gostei, mas considero o filme mediano. Não deixem de vê-lo.

capa do filme
Por fim, eu gostei do livro e indico. Ganhei Origem, a próxima aventura de Robert Langdon, de amigo secreto, então aguardem que teremos a resenha em breve!
Até mais e boa leitura! o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Resenha - Mitologia Nórdica

Bom dia gente! Hoje vou falar sobre um dos melhores livros que li esse ano. Estou falando de Mitologia Nórdica, de Neil Gaiman, publicado p...