sábado, 17 de março de 2018

Resenha - Os Condenados

Boa tarde gente! Hoje vim falar para vocês sobre mais um livro do Andrew Pyper, autor de O Demonologista, livro já resenhado aqui no blog. Clique aqui caso queira ver. 
Confesso que inicialmente eu imaginava que Os condenados fazia parte do universo do Demonolista, que seria tipo uma sequência e tal. Mas a única coisa em comum entre os dois livros, além do gênero, é o autor. As histórias são independentes, sem ligações entre uma e outra.
Não posso deixar de falar do material, já que a Darkside sempre surpreende a gente com edições fantásticas e muito caprichadas, então além de uma boa história, a gente se deleita com as capas e a qualidade do material da editora.
 

Os Condenados conta a história de Danny Orchard, um homem que sobreviveu a várias experiências de quase morte e que por causa disso, se tornou um especialista no assunto. Danny lançou um livro para contar essas experiências vinte anos depois, chamado de "O Depois", que foi ao topo da lista de mais vendidos em seu lançamento.


Danny tinha uma irmã, Ashleigh, uma garota loira muito bonita de olhos extremamente azuis, que ao contrário do recluso irmão, era alegre e extrovertida. Entretanto por debaixo dessa máscara, Ash era a encarnação do mal, uma pessoa que sentia prazer em ver o sofrimento alheio, uma pessoa sem remorso algum e que cada vez mais causava o afastamento de seu pai.
Um dia os dois irmãos morreram numa casa que foi incendiada. Ash morreu carbonizada, mas Danny, depois de morto por alguns instante, conseguiu voltar a vida. Sendo essa uma de suas experiências mais marcantes.

No entanto Ash não deixa Danny em paz, mostrando-se, mesmo depois de morta, possessiva e egoísta, como sempre foi durante sua vida. Orchard tenta levar uma vida normal, mas  o "fantasma" de sua irmã não cansa de procurá-lo e bangunçar sua vida. 
Danny, que sempre foi solitário, por culpa de Ash que nunca permitira que o irmão tivesse namorada, se vê condenado a solidão, até que conhece Willa. O que deveria ser o começo de sua felicidade, acaba sendo um inferno, pois Ash jamais deixaria o irmão feliz ao lado de outra mulher. E esse ciúme faz de Ash um verdadeiro demônio na vida do casal e de Eddie, filho do primeiro casamento de Willa.

Minha opinião:  Achei o livro bem interessante, esse tipo de assunto me instiga bastante, a escrita do autor é simples e a história é mais clara, não ficando muita coisa nas entrelinhas, como acontece com O Demonologista. Eu gostei da história e também gostei do final. O livro é curto e não tem encheção de linguiça, sendo a história enxuta e direta. Além do suspense, presente em vários pontos da história. Sem dúvida gostei mais desse do que o primeiro que li do Pyper. Indico a leitura desse livro!

Até mais e boa leitura! o/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Resenha - Mitologia Nórdica

Bom dia gente! Hoje vou falar sobre um dos melhores livros que li esse ano. Estou falando de Mitologia Nórdica, de Neil Gaiman, publicado p...